Nanohash Cloud Mining BitMiner - free and simple next generation Bitcoin mining software

sábado, 15 de julho de 2017


O TEXTO É GRANDE, MAS SUA LIBERDADE DEPENDE DO SEU CONHECIMENTO E DO SEU PODER DE MUDAR OS FATOS: PARA QUEM NÃO TEM ENTENDIMENTO OU QUER ENTENDER MELHOR O PROCESSO GOLPISTA. LEIA, VALE À PENA SABER MAIS:
  

DOPADOS E INFECTADOS PELA DOUTRINA DE GRAMSCI, MILHÕES DE IDIOTAS ÚTEIS ACREDITAM QUE NÃO ESTÃO CONTAMINADOS, ACREDITAM NAS MESMAS MENTIRAS REPETIDAMENTE DITAS TODOS OS DIAS E NÃO PERCEBEM O CONTROLE DO ESTADO SOBRE SUAS MENTES. O PROCESSO DOUTRINÁRIO DE GRAMSCI FOI INJETADO NA VEIA DA SOCIEDADE, QUE AGORA SE VÊ PRISONEIRA DO MEDO, DA DESESPERANÇA E DO CONTROLE TOTALITÁRIO DO PODER.
  

Muitos acreditam na opinião e nas mentiras que são sopradas e injetadas todos os dias pela mídia. Não percebem o quanto estão atolados dentro de um sistema doutrinário que hipnotiza, que controla, que entorpece e que deforma. O processo doutrinário de Gramsci faz inicialmente, o povo acreditar que a sociedade está mudando e que uma grande maioria da nação quer o comunismo, quer as mudanças e um novo rumo social, quando na verdade, são aqueles que estão no poder da esquerda, que estão preparando todos os seus dominados para uma revolução política e social e desta forma, controlar toda uma nação através de um sistema arbitrário, opressor e dominante que os perpetuem no poder.
  

Na Revolução Russa, Lênin aplicou as idéias doutrinárias de Marx (ou marxismo) impondo um novo regime político e social na base da força e por meio da Revolução Bolchevista. Desta forma, a revolução matou e assassinou milhares de pessoas e Lênin tomou o poder transformando a Rússia de 1917, em um país comunista. O processo golpista se chamou leninismo, isto é, o processo de implementação do marxismo por meios revolucionários.
  

Gramsci um filósofo italiano procurou estudar os mecanismos revolucionários do leninismo e após considerar que havia outros meios mais eficazes para se empregar uma revolução, começou a reescrever uma nova ideologia revolucionária. Anos mais tarde Gramsci terminou o seu "caderno do cárcere" e fundamentou uma nova doutrina para se implantar o marxismo.
  

Manipulando mentes e infiltrando ativistas comunistas nos meios jornalísticos, na mídia, na religião, na política e nos meios educacionais, a doutrina Gramscista cria uma homogenia social, dá forma a ilusão e edifica a crença de que uma grande mentira contada mil vezes, passa a ser verdade. No Brasil, os seguidores de Gramsci reescreveram a História e a recontaram de forma vulgar, contraditória e mentirosa, sempre no intuito de iludir e de dominar as grandes massas, fazendo o povo pensar que o comunismo e os comunistas sempre estiveram do lado do povo, lutando pelo povo e que por causa desta luta, sempre foram perseguidos, torturados e condenados ao sofrimento, bem como ao exílio de suas liberdades. Fazem acreditar, "aos poucos que ainda se encontram indecisos", que a grande maioria do povo os apoia, pois sempre estiveram ao lados dos pobres e dos trabalhadores, lutando pelos seus direitos e pelos seus ideais.
  

O Foro de São Paulo implementa o gramscismo e adota esta doutrina para seu grande projeto de poder comunista. Na América do Sul, o gramscismo vem sendo adotado em todos os países onde a esquerda é dominante. Na Bolívia, Venezuela, Chile, Nicarágua, Argentina, Uruguay, Brasil, Peru e nas Guianas, o processo já foi totalmente implementado. As etapas de implementação são importantes dentro do processo, e aqui no Brasil o gramscismo se tornou mais forte no governo de Fernando Henrique Cardoso, quando este permitiu que o Foro de São Paulo, proposto por Lula e Fidel, se organizasse no Brasil. A trindade comunista estava formada e devidamente fundamentada e desta forma a sociedade foi recebendo doses homeopáticas da doutrina gramscista na veia jugular. Muitos não acreditam que estejam "contaminados ou dopados" mas estão: e é muito fácil identificar um "contaminado".
  

Novelas, imprensa, comerciais, filmes, propagandas, revistas, mensagens, programas de rádio, peças teatrais, seriados, redes sociais, comunidades, ONGs, organizações estudantis, ensinos e culturas marxistas, partidos, políticos, tudo foi sendo municiado com doses maciças de gramscismo e as mensagens e ideais comunistas foram aos poucos, sendo injetados no consciente do brasileiro. Na linguagem popular, podemos chamar este processo de uma "grande lavagem cerebral comunitária". O comunismo está nas veias de muitos brasileiros, contaminando células e infectando órgãos como o cérebro. Hitler disseminou o mesmo processo para dominar a Alemanha e fundamentar o nazismo. Há portanto no Brasil, uma grande massa de contaminados pelo gramscismo, os "idiotizados" ao que Gramsci os qualifica e os chama de, os "idiotas úteis".
  

Quem são os idiotas úteis? - Podemos chamar de idiotas úteis, aqueles que acreditam em partidos de esquerda e em suas militâncias asquerosas, aqueles que são ignorantes sociais e políticos, aqueles que são passivos ao Estado, que são passivos às políticas adotadas, que são omissos, covardes, imbecis, que acreditam nos "intelectuais" de esquerda, que vivem em um mundo sem informações, longe do conhecimento e deitados na preguiça do saber, na preguiça e na letargia da acomodação, da inércia por buscarem informações e edificarem seu próprio raciocínio. Por vezes as pessoas não querem ouvir a verdade, porque não desejam que suas ilusões sejam destruídas. Não acreditam que: "um segundo, é tempo suficiente para se mudar tudo para sempre". Preferem acreditar nos outros, na mídia, nos formadores de opinião como os artistas, como os políticos, os partidos e os jornalistas. Esse é o idiota útil, aquele que se impregna de coisas fúteis, que segue a mesma direção dos imbecis, que acreditam que trocando um pato por um galo, se terá meia dúzia de ovos. Acomodados...
  

Nesta página estamos cansados de identificar os idiotas úteis, tentamos explicar da melhor forma possível o que a história deixou de contar, mostrar o verdadeiro caráter de políticos mentirosos e farsantes que se escondem por traz de boas atitudes. Mostrar que todos aqueles que estão no poder, sejam os políticos, sejam os partidos, que todos estão unidos em um verdadeiro projeto golpista pelo poder. Mas tem gente que se acomoda, tem preguiça de lutar e de protestar, prefere contaminar e ser contaminado, tem aversão ao trabalho de lutar pelos seus próprio direitos e está sempre esperando que o outro tome as atitudes que ele não tem coragem de tomar. Esses são os idiota úteis, que acreditam que há uma oposição no governo, que há homens com boas intenções e com vontade de mudar este país. Gente preguiçosa, acomodada e covarde que está sempre dando as costas para a razão e para as grandes verdades. Gente que estando hipnotizada, acredita em tudo que a esquerda politizada diz. Gente que acredita que as mudanças que a esquerda pretende fazer no país, é o caminho certo. gente que esquece rapidamente um passado de corrupção, golpes e crimes de lesa pátria cometidos por outros canalhas que hoje, se dizem de oposição. A imbecilidade é tanta que quando são criticados pelos seus erros, os idiotas úteis se sentem ofendidos e acabam até deixando a página para se chafurdar no seu mundo de trevas e ignorância. Se acham os donos da razão tamanha foi a lavagem cerebral que receberam e que não acreditam terem sido vítimas. Mas foram...
  

Há pessoas que realmente acreditam que na política atual há partidos antagônicos, partidos com ideais diferenciados e digo: Não há. Todos os partidos existentes hoje na política são de esquerda. Há os partidos de esquerda radical como o PT, PSB, PSOL, há os extremistas como o PC do B, PCO, os socialistas Fabiano como o PSDB, PTB e PDT e por aí vai. Todos portanto, são comunistas, ou socialistas ou de esquerda. Ou seja: logo, todos são o lixo do marxismo. Mas tem gente imbecil que diz ao contrário, gente que não leu nenhum parágrafo dos estatutos dos partidos, se acham grandes conhecedores das doutrinas sem entender patativa de nenhuma delas, tudo o que os idiotas úteis sabem, e o que os "outros" dizem para eles. É o que eles leem nas revistas e jornais ou veem nas novelas. Não entendem patativas de politica e dão opiniões e fazem comentários sem pé e sem cabeça. Não se preocupam em buscar informações e conhecimento sobre determinados assuntos, vão se escorando nas mentiras e não aceitam conselhos. São raros, aqueles que lendo um artigo vão correr atrás de maiores informações e desta forma adquirir opinião própria.
  

Outro dia li um comentário sobre as eleições, que é típico de um imbecil idiotizado. Ao fazermos oposição ao PSDB em um artigo, o comentário sobre o mesmo foi o seguinte: "o importante é tirar o PT do poder, e falando mal do Aécio e do PSDB, seu post nos tira a oportunidade de tirar o PT do poder, pois é melhor o Aécio no poder do que a Dilma ou do que o PT". A preguiça do idiota útil ficou devidamente estampada neste comentário. É a tal "Maria vai com as outras", o "boi que segue a boiada", gente preguiçosa, que sabe que o PSDB é de esquerda ou pelos menos desconfia, mas que não tem o discernimento de procurar saber. Gente que quer trocar o pato pelo galo para se ter meia dúzia de ovos, mesmo sabendo que o galo não põe ovos. Gente que acha que o político que faz, tem também o direito de roubar. "ah...esse rouba, mas faz, e por isso eu voto nele". Ideia típica de um imbecil, idiotizado e doutrinado pelo marxismo. O certo seria arrancar todos eles do poder. Se o povo tivesse um pingo de inteligência não iria apoiar a esquerda e seus políticos sujos. Não iria apoiar a continuidade do processo esquerdista, pelo contrário: iria extirpa-lo.
  

Se o povo fosse patriótico e fiel à democracia, iria para as ruas dizer que não quer votar nessa escória de comunistas safados, que não querem mais esses partidos no poder, que não querem socialismo, que não querem comunismo, que não querem reforma política nenhuma, que não querem mais corrupção e doutrinas sendo inseminadas na mídia e no ensino, que não querem mais serem massa de manobra, que estão cansados de serem enganados, humilhados e envergonhados. Se o povo tivesse vontade própria já teria derrubado o sistema, já teria extirpado o Foro de São paulo, já teria escorraçado os terroristas do poder. Falta tutano, coragem, disposição e sobra covardia, omissão, preguiça e ignorância. Se soubessem lutar pelos seus direitos, com certeza desta luta, surgiria um novo líder, um político verdadeiro e de direita e que seria colocado no poder pelo povo para dar fim à essa intentona paranoica e psicopata desta esquerda nojenta, imunda, golpista e asquerosa.
  

a Implementação do Gramscismo vem sendo injetada por etapas e abrem as portas para o inferno socialista ou comunista. Sem serem notados em suas conspirações políticas, a esquerda orientada e controlada pelo Foro de São Paulo já concluiu diversas etapas do processo gramscista. Abaixo segue as etapas do processo para implementação do golpe comunista:

   
PRIMEIRA ETAPA:
    

GOVERNO POPULISTA:
Esta etapa pode ocupar até três presidências do mesmo governante ou do mesmo partido ou da mesma coalizão de esquerda. A implantação de cada um desses pontos dependerá da aceitação popular podendo, em consequência, dispensar alguns deles ou então acelerar o processo em sua segunda etapa. No comunismo existe a presidência do partido, a presidência das assembleias e a presidência da administração pública.
  

ASSISTENCIALISMO:
Aumento de bônus familiares por filho, grávidas, planos de emergência, bolsas etc. Objetivo: votos de cabresto na próxima eleição e controle sobre a classe pobre.

AUMENTO DA QUANTIDADE E DA DISTRIBUIÇÃO DE CARGOS PÚBLICOS PARA INCHAR A MÁQUINA GOVERNAMENTAL:
Estimam-se quatro votos do grupo familiar por cada novo emprego público. Os capitais privados começam a diminuir seus investimentos e seus empregados são absorvidos pelo sistema público. Objetivo: votos de cabresto na próxima eleição e distribuição de cargos e funções pós golpe.
  

Aumento de salários e aposentadorias (inclusive aposentadorias sem contribuição prévia):
Inicialmente conta com a aprovação da classe trabalhadora e dos sindicatos. Depois, começa a espiral inflacionária que anulará todos os aumentos. O custo de vida dispara. Objetivo: fidelização de eleitores e votos de cabresto na próxima eleição.
  

MEIOS DE COMUNICAÇÃO:
Por meio da publicidade oficial, o governo se assegura que somente aqueles jornalistas, atores, diretores e artistas oficiais tenham visibilidade. Começa a censura. Fica impedido o conhecimento da realidade, a internet é controlada, regulamentada para posteriormente ser interna e restrita ao mundo global.
  

FORÇAS ARMADAS E SEGURANÇA::
Perseguição daqueles que tenham combatido a subversão nos anos 60/70. Demonização na mídia e perseguição processual na justiça. As penas poderão ser prisão, deportação ou trabalhos forçados que levarão todos a morte.
  

CULTURA:
Campanhas na mídia e instalação de grupos de contestação às opiniões de personalidades contrárias ao regime. Entra em ação a militância e os idiotas úteis fazendo apologia ao comunismo socialista.

CORRUPÇÃO:
Denuncia de atos de corrupção de funcionários 3º ou 4º escalões. Mostra que o governo não admite corrupção e enquadra toda a administração pública que, temerosa, age fielmente em favor do governo. Funcionários de confiança, ou políticos, incapazes de encontrar outro trabalho, encobrem os atos de corrupção no círculo dos amigos do governo, em montantes muito mais elevados, escondendo do povo toda a sorte de crimes. Apenas os protegidos estarão livres para saquear os cofres da nação.
  

DISCRIMINAÇÃO E DIREITOS HUMANOS:
O governo encontra um nicho de eleitores nas minorias excluídas (índios, homossexuais, transexuais, drogados, presidiários etc) e legisla para elas. Promove-se com acusações falsas de discriminação em conflitos pessoais, de trabalho etc. Objetivo: criação de grupos ideológicos para a defesa do regime, fidelização de eleitores e votos de cabresto na próxima eleição.
  

REVISÃO DO PASSADO RECENTE:
Relembrança permanente de ditaduras militares passadas ou de governos democráticos. Objetivo: recriar a imagem de um inimigo inexistente na atualidade, porém temido. Apresentar-se como a única opção possível de governo. Desta forma DEMONIZAM OS MILITARES, mesmo sendo eles, os VERDADEIROS DEMÔNIOS.
  

AUMENTO EXPONENCIAL DA DELINQUÊNCIA COMUM:
Delinquência é uma ferramenta essencial para a implantação do neocomunismo. Os atos de violência atemorizam, pulverizam, isolam e reduzem os possíveis atos de protesto dos trabalhadores de classe média. Os delinquentes dominam as ruas. Fornece uma desculpa para campanhas de desarmamento da população civil. Podem também financiar grupos extremistas (Black Blocs) ou agentes e líderes de movimentos sociais para coibir manifestações contrárias ao regime.
  

FORÇA DE SEGURANÇA E POLICIAS:
Desmonte progressivo. Campanhas de desmoralização por supostos atos de corrupção e violência. Faltam equipamentos para a segurança, como leis que prendam os infratores e foras da Lei, mas sobram autoridades para exercer a tarefa de garantir direitos humanos para os criminosos e desta forma criar impunidade, incentivar e acelerar a violência.
  

IMPUNIDADE PELOS ATOS DE DELINQUÊNCIA:
Juízes sociais garantem a impunidade. Utilização de menores para o cometimento de crimes.

OPOSIÇÃO:
Começa a se fragmentar e a alinhar-se com a base do governo. Não há referenciais, todos seguem a mesma doutrina.
  

IGREJA:
Começam os choques com a Igreja Católica.

OCUPAÇÕES DE FÁBRICAS INOPERANTES E TERRAS PÚBLICAS OU PRIVADAS:
Como prenúncio das expropriações, os capitais estrangeiros começam a se retirar do país. O ingresso de novos capitais e investimentos estrangeiros cessa. Perseguições na mídia aos empresários nacionais. Estatização de empresas privatizadas. A classe média não consegue se organizar como oposição.
  

AUMENTO DE ONG’s DE ESQUERDA:
Criação de redes transnacionais para assediar opositores.
Criação de grupos de choque:
Utilizados como promotores de violência, ainda sem armas, divulgadores do regime em atos públicos oficiais e agentes da neutralização de atos públicos da oposição.
  

EDUCAÇÃO:
Criação de novas universidades. Diplomas à vontade. Facilidades aos grupos de esquerda que sustentem ideologicamente o regime. A essa altura o nível educacional é muito baixo em todos os níveis do ensino. O mecanismo ativo para manter o povo na ignorância e sob controle do estado. Cria-se a classe braçal do proletariado.
  

AUMENTO DOS IMPOSTOS SOBRE LUCROS E FORTUNAS:
Oneram trabalhadores com salários médios e médios-baixos e se alega que sua finalidade confiscatória é a “redistribuição da riqueza”, porém servem para manter e financiar o sistema, engordar as contas do governo e manter o luxo e a ostentação de dirigentes e políticos.
  

AUMENTO DO CONSUMO DE DROGAS E DO NARCOTRÁFICO:
Novas pistas clandestinas. Aumento de acidentes de pequenos aviões, por sobrecarga. Surgimento de uma nova classe social opulenta ao consumo de drogas, em sua maioria jovens de menos de 40 anos.
  

CENSO HABITACIONAL:
O objetivo é conhecer a quantidade de imóveis desocupados e os proprietários com mais de um imóvel. Os dados são armazenados para uso na terceira fase. A fase de desapropriações.

FRAGMENTAÇÃO DE CENTRAIS SINDICAIS:
Os dirigentes não alinhados com o regime se retiram das centrais pelegas para formar centrais sindicais dissidentes, sem a menor possibilidade de êxito. O governo então passa a controlar todos os sindicatos para evitar greves e manifestações.
  

FALÊNCIA DO SISTEMA DE SAÚDE:
As prestadoras privadas de saúde não conseguem prestar serviços de qualidade em um cenário de inflação crescente e alto custo dos salários e encargos trabalhistas. São quase obrigadas a vender suas empresas a preço vil ou então serão estatizadas. Os hospitais estatais terão como pacientes as faixas baixa, média-baixa, média e média-alta, levando ao colapso do sistema.
  

DESVALORIZAÇÃO DOS SÍMBOLOS NACIONAIS E SUAS PROIBIÇÕES:

SEGUNDA ETAPA- Etapa de implantação/consolidação
Desrespeito e modificação em bandeiras, escudos, hinos etc.

DESTRUIÇÃO DA CLASSE MÉDIA:
Assim com foi o objetivo contra as Forças Armadas e as Forças de Segurança na primeira etapa, agora é a vez da classe média. Desespero, desamparo, subversão da ordem estabelecida. O objetivo é destruí-la. Melhor ainda, rebaixá-la mais abaixo ainda que a classe baixa. Estigmatiza-la, fazê-la culpada pela pobreza dos outros, pela ditadura militar, pela discriminação, pelas violências a que eram submetidos os criminosos etc. Uma classe média pulverizada, culpada, temerosa, inexperiente ou acomodada não conseguirá fazer frente a esses regimes. Será a vingança dos terroristas e bandidos que lutavam armados contra a democracia e que culpam a classe média pelo contra-golpe militar.
  

REFORMA CONSTITUCIONAL (para eternizar-se no poder):
Aprovação do matrimônio homossexual
Aprovação do aborto
Lei da mídia, ou lei da mordaça. Lei da censura
Perseguição abeta de opositores:
Guerra midiática e judiciária total.
Politização da justiça:
O Poder Judiciário colapsa, tornando-se um servidor do governo.
O crime domina as ruas:
A impunidade é total.
Deterioração econômica:
A espiral inflacionária dispara.
Legalização da maconha:
Legalização, posse e plantação para consumo próprio.
Destruição total, moral e física das Forças Armadas e de Segurança policial.

OPOSIÇÃO FRAGMENTADA:
Pode ganhar eleições legislativas porém são incapazes de exercer uma gestão eficaz e ainda menos de aumentar seu número de simpatizantes. haverá apenas dois partidos, sendo um partido dominante e um outro de "falsa" oposição.
Surgem “novos inimigos” de esquerda, implantados pela esquerda para praticar conflitos, saques, invasões:
Começam a atuar grupos de choque, agora já armados. Política, ideológica e operacionalmente obedecem ao governo de plantão; mas são grupos de extrema-esquerda opostos ao oficialismo. No futuro formarão as milícias armadas que defenderão o regime.
  

DIVISÃO DE MUNICÍPIOS E ESTADOS :
Promove a base eleitoral; criação de cargos públicos e maior controle de grupos opositores em nível local.
Perseguição de grupos cristãos (lei de Cultos):
A aprovação dessa lei permitirá a perseguição de grupos católicos, protestantes, evangélicos e espiritualistas cristãos.
  

CRIAÇÃO DAS MILÍCIAS ARMADAS:
-Aparelhamento de policias comunitárias, com aparelhos de controle local. Servirão para controle da população contra a violência e principalmente agirão contra os opositores do regime. Farão vigília sobre grupos e perseguições à pessoas subversivas que poderão alienar o regime. Cada bairro ou rua poderá ter seu órgão miliciano e será feito um controle de pessoas por parte da milícia que conhecerá cada morador do bairro para poder monitora-lo 24 hs por dia.
  

TERCEIRA ETAPA –
TOMADA DO PODER PELO SOCIALISMO:

Os grupos de choque citados acima como somente presentes em atos do governo ou infiltrados em manifestações de oposição agora receberão instrução militar substituindo as Forças Armadas, destruídas na segunda etapa.
Expropriações
Perseguições
Prisões e crimes políticos
Ataque à Igreja Católica e fechamento de centros religiosos, fim e proibição de religiões africanas como candomblé, espiritismo e umbanda.
Sistema eleitoral manipulado pelo governo
Eleições fraudulentas
Espiral inflacionária
Fim da liberdade
Censura irrestrita
Controle Social
Leis severas e castigos para opositores do regime
Deportações

Portanto caros amigos, como podem ver, este processo gramscista já está quase que complementado e estabelecido em nossa sociedade. Como se viu e se vê, até hoje não houve nenhuma oposição por parte dos partidos e dos políticos que estão no poder, contra o processo que já foi implementado em nossa sociedade, de formas, que não há como não deixar de dizer que estão todos juntos, sejam eles do PT, do PSDB, do PSOL, do PDT, do PTB, enfim... todos os partidos representativos da política nacional estão alinhados com o governo. Basta saber se querem o continuísmo deste processo esquerdista iniciados por FHC, LULA e por toda a esquerda unida. As portas do inferno já estão abertas, e para os comunistas e terroristas falta apenas nos empurrar para dentro e fecha-las com correntes e cadeados para que possamos ser aprisionados para sempre dentro deste inferno comunista. Se não querem se tornar escravos, lutem por vocês, pelos seus filhos e netos, lutem pela liberdade. Lutem pelo direito de serem livres e capazes de governarem esse país.
 
 
    

COMPARTILHE, POIS ESSE PROCESSO DE SABER O QUE SE PASSA, É UM DIREITO DE TODOS OS BRASILEIROS. FAÇA A SUA PARTE POR UM BRASIL MELHOR, COMPARTILHE.
 
VEJAM ESSES LINKS DA LISTA ABAIXO,  LEIAM CADA UM, ASSISTAM CADA VÍDEO LINKADO DENTRO DELES, E ENCAMINHEM PARA TODOS OS SEUS CONTATOS, E PEÇA PARA ELES COMPARTILHEM TAMBÉM, SE CADA PESSOA DECENTE FIZER ISSO, PODEREMOS EVITAR A TRAGÉDIA NO NOSSO PAÍS.
   
   
       
   

GRAMSCISMO, A PORTA DO INFERNO


Este artigo foi produzido para a molecada que nasceu nos anos 80 em diante, especialmente os nascidos a partir de 1994, que em 2010 completaram 16 anos, com condições de votar.
     
Esse conteúdo ajudará essa massa enorme de gente que não sabe a verdade sobre o que aconteceu naquela época, e hoje em dia é manipulada pelas novelas, pelos programas de rádio e TV, pelos comentaristas e "especialistas" nas noticias da imprensa esquerdista que mente mais do que o capeta, em todos os veículos, seja TV, rádio, jornal, revista, ou mesmo internet.
  
Vejam esses vídeos disponíveis nesses links abaixo, e aprendam de fato como foi realmente o período da "Ditadura", ops... corrigindo o termo, melhor dizendo, REGIMEMilitar entre 1964 a 1985.
Pois NÃO HOUVE DITADURA, o povo brasileiro não sofreu como sofreram os alemães no regime nazista, nem sofreu como sofreram os chineses na ditadura do Mao Tse Tug, nem sofreu o que sofreram os ucranianos na União Soviética e os próprios soviéticos russos na ditadura de Stalin. Sem contar os pobres cubanos que foram e ainda são oprimidos pela ditadura do sanguinário Fidel Castro, e hoje em dia quem entrou no rol dos povos massacrados pela ditadura são os coitados dos venezuelanos sob a loucura socialista do Hugo Chávez.

Nosso povo não sofreu o que os coreanos do norte vem sofrendo naquele maldito regime comunista instalado por lá desde o ano de 1950 quando deu-se início à guerra das Coreias. 
A vasta maioria do povão brasileiro FOI MUITO BENEFICIADA com as benfeitorias que os militares fizeram em nosso país.
O povão se deu bem, muito bem, ao contrário do que dizem os comunas filhos da puta, canalhas!

Os militares fizeram o milagre econômico, e tiraram de fato 30 MILHÕES de brasileiros da miséria, e criaram empregos, abriram rodovias, criaram estatais, e deram progresso ao nosso país.
Nosso regime militar tirou nossa economia da quadragésima e não sei qual posição, e projetou o Brasil na SÉTIMA posição mundial.
    
Hoje em dia o Brasil é a OITAVA !
        
Quem se deu mal com o Regime militar foram os TERRORISTAS GUERRILHEIROS MARXISTAS LENINISTAS REVOLUCIONÁRIOS DE ESQUERDA, que queriam implantar no Brasil o mesmo que Fidel e Che implantaram em Cuba.
Como eles foram combatidos pelo nosso exército, .... exército esse que se mobilizou devido AO CLAMOR POPULAR, e com a ajuda da imprensa, que ouvia os apelos do povo e tudo mais..., os marxistas leninistas revolucionários guerrilheiros terroristas foram VENCIDOS, e hoje em dia ficam se fazendo de vítimas.
Falam como se eles fossem combatentes pela liberdade, pelos direitos humanos e pela democracia.
    
TUDO MENTIRA!
        
Eles nunca defenderam democracia alguma.
Eles queriam é implantar o regime DITATORIAL SOCIALISTA no Brasil, isso SIM !
E como foram impedidos, APELIDARAM o Regime Militar de  ditadura fascista de conservadores de ultra direita reacionária.
E ficam até hoje MENTINDO descaradamente, enganando a geração de jovens, fazendo-os pensar que eles eram guerrilheiros porque combatiam a "ditadura".
     
ELES INVERTERAM TUDO!
E FAZEM ISSO DE PROPÓSITO!
      
Quem viveu essa época, e não é militante de esquerda marxista leninista sabe muito bem que foi justamente o CONTRÀRIO.
Foram os militares das nossas forças armadas que combateram os guerrilheiros, e não o contrário.

O Regime Militar somente se instalou no Brasil POR CAUSA DOS MARXISTAS. Porque se eles não tivessem arrumado confusão, e não tivessem cometidos atos de barbárie, como sequestros, execuções, torturas, roubos, e toda aquela balburdia, não haveria necessidade de um golpe militar contra o regime socialista que o João Goulart estava começando a introduzir no Brasil.


Até aquele canalha do Carlos Prestes fazia discurso no Rio de Janeiro, que eles (os comunistas) estavam no poder...
Estavam dando um golpe em nossa democracia.
Por isso foi necessário o CONTRA GOLPE militar, para depor, para derrubar, para TIRAR DO PODER esses malditos comunistas, que estavam estragando com o Brasil.
  
    
A GUERRILHA JÁ ATUAVA NO BRASIL ANTES DE 64.
E FOI O MOTIVO DA INTERVENÇÃO DOS MILITARES. 
     
    
Depois que os militares assumiram o comando da nação, o povão tinha mais segurança, mais tranquilidade, tinha todas as suas liberdades e direitos fundamentais garantidos, tinham emprego, liberdade de expressão, direito de ir e vir, direito a ter propriedade privada, direito a propriedade privada dos meios de produção, era melhor tratado do que é hoje. E não tinha as robalheiras e esse cinismo descarado que temos hoje em dia, desde a "REDEMOCRATIZAÇÃO".
Após a "redemocratização", o Brasil foi infestado de comunistas em todas as instituições... e todas elas degeneraram... e a criminalidade aumentou, a roubalheira aumentou, e todas as coisas erradas que vemos hoje cresceram e as dificuldades aumentaram graças aos "queridos" e "heróis" esquerdistas que "redemocratizaram" o país.
     
CLIQUE NESTES LINKS ABAIXO, ASSISTA, E APRENDA:

     

      

          

         

MAIS VERDADES IMPORTANTES AQUI PARA CONHECER

   
   
O legado do regime militar

A Embratel, a Eletrobrás, a Telebrás, Usina de Angra I, Usina de Angra II, INPS, LBA, Funabem, Mobral, Funrural, Usina Hidrelétrica de Tucuruí, Usina Hidrelétrica de Itaipu, Usina Hidrelétrica de Ilha Solteira, Programa Nacional do Álcool, Zona Franca de Manaus, Ponte Rio-Niterói, Nuclebrás, Banco Central do Brasil, Polícia Federal e o Conselho Monetário Nacional. E ainda:

* A Petrobrás aumenta a produção de 75 mil para 750 mil barris/dia de petróleo.
* PIB de 14% ao ano
* Construção de 4 portos e recuperação de outros 20
* Exportações crescem de 1,5 bilhões de dólares para 37 bilhões
* Rede rodoviária asfaltada de 3 mil km para 45 mil km
* Redução da inflação de 100% ªª para 12% ªª,
* Fomento e financiamento de pesquisa: CNPq, FINEP e CAPES
* Programa de merenda escolar e alimentação do trabalhador
* Criação do FGTS, do PIS e do PASEP
* Criação da EMBRAPA
* Duplicação da rodovia Rio-Juiz de Fora e da Rodovia Presidente Dutra
* Criação da EBTU
* Implementação do Metrô em São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Recife e Fortaleza
* Criação da INFRAERO, proporcionando a criação e modernização dos aeroportos brasileiros (Galeão, Guarulhos, Brasília, Confins, Campinas, Viracopos, Salvador e Manaus
* Implementação dos pólos petroquímicos em São Paulo (Cubatão) e na Bahia (Camaçari)
* Prospecção de Petróleo em grandes profundidades na bacia de Campos
* Criação da Polícia Federal
* Código Tributário Nacional
* Código de Mineração
* IBDF - Instituto Brasileiro de Desenvolvimento Florestal
* BNH - Banco Nacional da Habitação
* Construção de 4 milhões de moradias
* Regulamentação do 13º salário
* Banco da Amazônia
* SUDAM
* Reforma Administrativa pelo decreto-lei 200
* Projeto Rondon 
  
  
  

Explicação aos que não viveram a Contra-Revolução de 31 de março de 1964

   
   
  
A verdade sobre o terrorismo no Brasil.
    
  
PT - FORO DE SÃO PAULO - PSDB - Totalitarismo da Esquerda
  
  
Conheçam a organização marxista leninista que coordena e dá forças para toda a esquerda vermelha da América Latina inteira.

A verdade sobre o Regime Militar Brasileiro (1964 - 1985)

sexta-feira, 14 de julho de 2017


A captura de meninas infiéis e o seu uso como escravas sexuais é um mandamento do Alcorão. De acordo com a lei islâmica, os homens muçulmanos podem tomar "cativas da mão direita" (Alcorão 4: 3, 4:24, 33:50).

O Alcorão diz:

"Ó Profeta! Olha! Nós te oferecemos as tuas mulheres a quem pagastes os seus dotes, e as que a tua mão direita possui, daquelas a quem Alá te deu como despojos de guerra" (33:50). 4: 3 e 4:24 estende este privilégio aos homens muçulmanos em geral.

O Alcorão diz que um homem pode fazer sexo com as suas esposas e com essas escravas:

"Os crentes devem vencer. Aqueles que se humilham em suas orações, que evitam conversas vãs, que são activos em actos de caridade, que se abstêm do sexo, excepto com aquelas que se juntam a eles no vínculo matrimonial, ou (as cativas) que possui a sua mão direita, pois (no caso dessas) são livres da culpa."(Alcorão 23: 1-6)

A violação das mulheres cativas também é sancionada na tradição islâmica:


Abu Sirma disse a Abu Sa'id al Khadri (Alá, ele agradou-lhe): Ó Abu Said, ouviste o Mensageiro de Alá (que a paz esteja com ele) mencionando al-alaz? Ele disse: Sim, e acrescentou: Nós saímos com o Mensageiro de Alá (que a paz esteja com ele) na expedição ao Bi'l-Mustaliq e levámos cativas algumas excelentes mulheres árabes. E nós as desejámos, pois sofremos a ausência das nossas esposas (mas, ao mesmo tempo), nós também desejámos resgate por elas. Então, decidimos ter relações sexuais com elas, mas observando o 'azl (retirar o órgão sexual masculino antes da emissão de sémen, para evitar a concepção).Mas nós dissemos: estamos a fazer um acto enquanto o Mensageiro de Alá está entre nós. Porque não perguntar-lhe?Então pedimos ao Mensageiro de Alá (que a paz esteja com ele) e ele disse: Não importa se vocês não o fizerem, pois toda a alma que tiver de nascer até ao dia da ressurreição, nascerá.(Sahih Muslim 3371)

É também na lei islâmica:

"Quando uma criança ou uma mulher é levada em cativeiro, elas tornam-se escravas pelo facto da captura, e o casamento anterior da mulher é imediatamente anulado." (Umdat al-Salik O9.13)

O xeque egípcio Abu-Ishaq al-Huwayni declarou em Maio de 2011 que "estamos na era da jihad", e isso significava que os muçulmanos devem ter escravos. Numa entrevista subsequente, ele elaborou:

"A jihad é apenas entre muçulmanos e infiéis. Destruições, escravos e prisioneiros só devem ser levados a cabo na guerra entre muçulmanos e infiéis. Os muçulmanos no passado conquistaram, invadiram e assumiram os países. Isto é aceite por todos os estudiosos - não há desacordo sobre isso com nenhum deles, desde o menor até ao maior, sobre a questão de tirar despojos e prisioneiros. Os prisioneiros e os despojos são distribuídos entre os combatentes, e incluem homens, mulheres, crianças, riqueza e assim por diante".
"Quando um mercado de escravos é erguido, é um mercado em que são vendidos escravas e escravos sexuais, que são chamados no Alcorão pelo nome milk al-yamin, "o que a tua mão direita possui" [Alcorão 4:24 ]. Este é um verso do Alcorão que ainda está em vigor e não foi abolido. Os milk al-yamin são os escravos sexuais. Você vai ao mercado, vê a escrava sexual e compra-a. Ela torna-se como sua esposa, (mas) ela não precisa de um contrato (de casamento) ou de um divórcio como uma mulher livre, nem precisa de um wali. Todos os estudiosos concordam com este ponto - não há desacordo de nenhum deles. [...]"

"Quando eu quero uma escrava sexual, eu vou simplesmente ao mercado, escolho a mulher de que eu gosto e a compro-a".



Um dos nossos posts mais lidos de sempre, ilustrado com os vídeos dos autores destas sábias considerações a citarem o Alcorão e a lei islâmica em defesa da escravidão sexual, bem como dos muçulmanos aqui na Europa a exigirem nas ruas as nossas mulheres, filhos e filhas como escravos sexuais (vídeo regularmente CENSURADOS pelos islamofascistas do YouTube/Google):




"Quando eu quero uma escrava sexual, compro-a!" 



Na mesma época, em 25 de Maio de 2011, um político do sexo feminino, Salwa al-Mutairi, também se pronunciou a favor da prática islâmica da escravidão sexual de mulheres não muçulmanas, enfatizando que a prática concorda com a lei islâmica e os parâmetros da moral islâmica:

"Um comerciante disse-me que gostaria de ter uma escrava sexual. Ele disse que não seria negligente com ela, e que o Islão o permite. Ele estava a falar a verdade. Eu levei a situação [do homem] aos muftis em Meca. Eu disse-lhes que eu tinha uma pergunta, já que eles são homens que se especializaram no que é halal (permitido pelo Islão) e disse que o homem era bom e que amava as mulheres. Eu disse: "Qual é a lei dos escravos sexuais?"

O mufti disse: "Com a lei dos escravos sexuais, deve haver uma nação muçulmana em guerra com uma nação cristã, ou uma nação que não é da nossa religião, da religião do Islão.Deve haver prisioneiros de guerra".

"Isso é proibido pelo Islão?", perguntei.
"Absolutamente não. Os escravos sexuais não são proibidos pelo islamismo. Pelo contrário, os escravos sexuais estão sob uma lei diferente da mulher livre. A mulher livre deve estar completamente coberta, excepto o rosto e as mãos. Mas a escrava sexual pode ficar nua da cintura para cima. Ela difere muito da mulher livre. Enquanto a mulher livre exige um contrato de casamento, a escrava sexual não - ela só precisa ser comprada pelo seu marido, e é tudo. Portanto, a escrava sexual é diferente da mulher livre".


Um imã do Quebeque declarou recentemente que a decisão que permite as escravas ainda está em vigor.


Robert Spencer/JihadWatch



Via: http://amigodeisrael.blogspot.com.br/

ESTADO ISLÂMICO: 'ESCRAVA DESFLORADA, VENDE-SE, IDADE 13. CORPO: MAGRO, ALTO. PREÇO: 9.000 DÓLARES'


Jerusalém considera legítima a crítica ao magnata norte-americano George Soros, a quem acusa de tentativas sistemáticas de "minar governos democraticamente eleitos" em Israel, afirmou o ministério das Relações Exteriores desse país.

Essa definição de Soros, que financia uma rede de ONGs internacionais, foi formulada pela chancelaria israelense ao comentar a palavras do seu embaixador na Hungria, Yossi Amrani. O diplomata recentemente manifestou a sua preocupação com as formas da campanha contra o Soros na Hungria, alertando para o antissemitismo. 

O ministério das Relações Exteriores, no entanto explicou que o problema era o antissemitismo, e não a crítica em relação ao bilionário norte-americano.

"Israel lamenta todas as manifestações antissemitas em qualquer país e apoia as comunidades judaicas na oposição a este mal. Esse era o único objetivo das declarações do embaixador de Israel na Hungria", informou um comunicado do órgão.

"As declarações não buscavam deslegitimar a crítica a George Soros, que de forma sistemática mina os governos israelenses democraticamente eleitos, financiando organizações que difamam o estado israelense e que negam o seu direito de autodefesa", explicou o ministério.

Na semana que vem, o primeiro-ministro de Israel, Bejamin Netanyahu, planeja visitar Hungria, cujas autoridades tem enfrentado protestos internos e externos, ao tentar limitar a atuação de estruturas de Soros no país.



ISRAEL ACUSA GEORGE SOROS DE MINAR GOVERNOS DEMOCRATICAMENTE ELEITOS