Drogarias e Farmácias

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2016

DELEGADO DA POLÍCIA FEDERAL CONFIRMA INQUÉRITO CONTRA LULA SOBRE VENDA DE MEDIDAS PROVISÓRIAS


Metidos em todas as maracutaias>>>
Mais cedo, a ditadora bolivariana, Dilma Rousseff se recusou a dar esclarecimentos sobre a Venda de Medidas Provisórias, investigada pela Operação Zelotes.
Na sua 'cartinha', Dilma disse que 'não é para inquiri-la mais sobre essas vendas de MP´s, e que as Medidas Vendidas são do tempo do Lula'.
LULA, DE NOVO
E pela primeira vez, oficialmente, Lula é investigado pela Zelotes sobre as tais Medidas Provisórias que ele barganhava junto de seus fiéis escudeiros, Gilberto Carvalho e Dilma com várias empresas, especialmente, montadoras de veívulos.
Obivamente, Lula, através de notinhas malemolentes no seu Instituto/Cafoto do Ratão, como é conhecido a 'muquifa' pelos internautas, contra todas as provas, nega tudo e diz que nunca vendeu Medidas Provisórias.
Ofício escrito pelo delegado da Polícia Federal Marlon Cajado explica para a Justiça Federal a necessidade de se abrir um novo inquérito — o 1621, de 2015 — para apurar suposto envolvimento de outros oito “servidores públicos”, entre eles o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, no esquema de suspeita de venda de medidas provisórias investigado na Operação Zelotes. (Matheus Leitão)
Com isso, Lula se ferra de vez.
Agora, é Triplex, Sítio, Tráfico de Influência, Lavagem de Dinheiro e Venda de Medidas Provisórias.
Realmente, não tem uma viva alma mais metida em corrupção do que este sujeito.
(Se quiser ler algo mais sobre essa treta, clique aqui)
RELEMBRE>>>

(Emerson Rodrigues, para os blogs da Mídia Livre)