BitMiner - free and simple next generation Bitcoin mining software

sábado, 23 de abril de 2016

LULINHA COMPRA MAIOR FAZENDA DO MUNDO COM 523 MIL CABEÇAS DE GADO E 500 MIL HECTARES


Agro Santa Bárbara, do banqueiro Daniel Dantas é “a maior criadora de bovinos do mundo”, mantendo 523 mil cabeças em 500 mil hectares de pastos distribuídos em 15 dos 143 municípios paraenses. No ano passado esse rebanho rendeu um abate de 110 mil bois.

Além disso, a empresa planta cana em áreas degradadas, maneja matas, nativas produz energia verde, faz reflorestamento e organiza loteamentos imobiliários


Fazenda Santa Bárbara? Peraí! Qual é mesmo o nome do sítio que o Lula usa mas diz que não é dele? Sítio Santa bárbara! Coincidência....só pode ser. Coincidência com o nome do sítio. 70 mil alqueires santa Barbara no Xingu, Marabá Cedro mais 90 mil alqueires, São Roberto 35 mil alqueires, Vale do sereno, 27 mil alqueires, Matão 15 mil alqueires. 




E o povo ocupando a mídia com um triplex

'Lulinha', filho do presidente Luiz Inácio Lula da Silva é sempre visto no sul do Pará como um dos grandes investidores na região. Lulinha seria parceiro de Dantas. O filho de Lula, justiça seja feita, nem faz questão de manter o anonimato. Quem já o viu por Xinguara, Redenção e Marabá diz que o rapaz é frequentador assíduo do Pará. Não para conhecer delícias como açaí, o tacacá ou o suco de bacuri, mas para fazer negócios. Lulinha transita com desenvoltura por feiras agropecuárias e leilões de gado e sempre é visto circulando de helicóptero pelas fazendas da região.



Daniel Dantas

Se Lulinha é mesmo parceiro de Dantas, de papel passado, ninguém ainda provou isso. Mas até mesmo o ex-presidente Lula já visitou as fazendas do Pará acompanhado de Lulinha e dona Marisa. Vai ver tudo não passa de invenção do povo daquela região. Afinal isso deve ser apenas de "amigos do Lula".


Policia Federal chegando com mais de 15 camionetes em Primavera do Leste (MT), pela Avenida Cuiabá, para operação que veio rastrear as Fazendas que Dilma e Lula compraram na região. O cartório da cidade foi aberto ainda de madrugada para investigação. O corretor que vendeu as Fazendas teria ido embora da cidade ao saber da operação e ainda não foi localizado. Inscreva-se no  Canal e receba novas informações.

Esses ai na foto não são o Lula, Lulinha e dona Marisa e também não sou eu que estou escrevendo essa matéria!

A Fazenda  em São Paulo

Circulou na internet a seguinte informação Novo Mega Campeão do Brasil de enriquecimento súbito é o proprietário da Fazenda Fortaleza comprada e certificada em Cartório de Registro de Imóveis .



Proprietário: Fábio Luis Lula da Silva
Propriedade: Fazenda na região de Valparaíso/SP
Preço: 47 milhões de reais

Pois é, o Lulinha, o filho do Presidente Lula, que há 05 anos era subempregado do Zoológico em São Paulo, agora acabou decomprar a fazenda Fortaleza (de porteira fechada) localizada às margens da rodovia Marechal Rondon, município de Valparaíso-SP, de propriedade do Sr. José Carlos Prata Cunha, um dos maiores produtores de boi Nelore do Brasil, pela simples bagatela deR$ 47.000.000,00 (quarenta e sete milhões de reais).



O impressionante nesta trajetória de sucesso e rara inteligência é que de um salário de R$ 1.500,00 passou a proprietário, de uma vez só, de um patrimônio de 47 Milhões. O que levaria 2.612 anos.

Veja só que competência, logo depois de comprar, levou essa fazenda a ser a primeira a receber o Certificado de Exportação de carne para Europa.

Mas não fica só nisso a competência deste EMPREENDEDOR de sucesso.

No Pará nas regiões de Redenção , Marabá e Carajás, ELE comprou de Benedito Mutran Filho, herdeiro do conhecido Bené Mutran (homen forte da castanha) várias fazendas totalizando R$ 100.000.000,00 isso mesmo. Cem milhões de reais.

Sócios no negócio:
Duda Mendonça e Daniel Dantas.

Como Sempre o Blog foi checar as informações, em busca da verdade e encontramos essa reportagem da revista DinheiroRural 

José Carlos Prata

Circula na internet um e-mail que conta a história de uma fantástica operação em que o filho do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o "Lulinha", teria comprado a sua principal área, a Fazenda Fortaleza, por R$ 47 milhões. "Isso é tudo bobagem, nunca vendi minha fazenda e, na verdade, nem oferta cheguei a receber", esclarece Prata Cunha à DINHEIRO RURAL. "Tratamos isso como piada", reforça Leonardo Badra, sócio de Fábio Luís na empresa de jogos eletrônicos Gamecorp.

Mas de onde, então, nasceu essa curiosa história?

O VERDADEIRO DONO: José Carlos Prata Cunha, proprietário da Fazenda Fortaleza, diz que nunca recebeu uma oferta de compra pelas suas terras.

Para Fernanda Prata Cunha, filha de José Carlos, que acompanha de perto os problemas derivados do "boato rural", a confusão nasceu de uma sondagem imobiliária. "Realmente fomos procurados por um grupo que se disse representante do filho do presidente", explica. Mas, comenta a fazendeira, a notícia rapidamente caiu "na boca do povo", os e-mails começaram a circular e nunca houve, na prática, algo que se aproximasse de uma oferta de compra.

Fernanda Prata Cunha

A fazenda não foi vendida, porém, a dor de cabeça dura até hoje. "Tivemos de modificar a entrada da fazenda e proibir a entrada das pessoas", lamenta Fernanda. Segundo ela, a propriedade virou uma espécie de "ponto turístico" em Valparaíso. "As pessoas param para tirar foto e as brincadeiras por causa da suposta venda que não aconteceu são constantes", diz. De certa forma, ela se diverte. "Algumas pessoas na cidade nos olham meio estranho", brinca.



Mas os "causos" rurais do filho do presidente da República não se limitam às terras dos Prata Cunha. Ele também ganhou fama em outros Estados da Federação, como no Pará. Em outra mensagem, um pouco mais recente, circula a "revelação" de que Lulinha estaria prestes a se tornar um novo "rei do gado". Para tanto, ele teria comprado duas propriedades nas cidades de Marabá e Xinguara, ambas do mega pecuarista Benedito Mutran, dono de um dos maiores rebanhos comerciais do Brasil. O que ele diz a respeito? "Tudo bobagem, nunca houve essa operação", diz Mutran.

Em 2007, de fato, Mutran vendeu algumas de suas terras para a Fazenda Santa Bárbara, do empresário Carlos Rodemburg. As vendas aconteceram, só que o comprador era outro. E com verdades misturadas a meias-mentiras, a equipe de DINHEIRO RURAL, de passagem pela ExpoGrande, maior mostra pecuária de Mato Grosso do Sul, se deparou com o novo boato. Entre amigos, um pecuarista de nome Augusto Araújo Oliveira tentava se livrar das gozações dos amigos. O motivo? Uma suposta venda de bois para o filho do presidente. Indagado pela reportagem, ele disse, lacônico: "Não sei de nada, não sei de nada", desconversou, e foi embora. Verdade? Mentira? Não se sabe, mas com certeza vem aí um novo boato rural.