ThunderBit Bitcoin Investing Drogarias e Farmácias

quarta-feira, 25 de maio de 2016

GRAMPO DE RENAN INCRIMINA LULA E DILMA. GRAVAÇÃO MOSTRA QUE LULA TEM INFORMANTES DENTRO LAVA JATO



Renan Calheiros incriminou Dilma Rousseff, falando abertamente sobre o dinheiro sujo da Odebrecht em sua campanha na gravação feita pelo ex-diretor da Petrobras, Sérgio Machado, divulgada hoje pela Folha de S. Paulo. Renan incrimina, principalmente, Lula, avalia o blog O Antagonista.

Renan Calheiros diz a Sérgio Machado que Lula se refugiou na Casa Civil porque soube que seria preso:

MACHADO – [Dilma] acabou. E o Lula, como foi a conversa com o Lula?

RENAN – O Lula está consciente, o Lula disse, acha que a qualquer momento pode ser preso. Acho até que ele sabia desse pedido de prisão lá…

É claro que houve obstrução de Justiça. E é claro também que Lula dispõe de informantes dentro da Lava Jato.

As gravações mostram que, se existe um golpista na queda de Dilma, esse golpista é Lula.
Tanto que foi conversar com Renan Calheiros sobre a melhor maneira de derrubar Dilma Rousseff:

MACHADO – E ele está disposto a assumir o governo?

RENAN – Eu defendi. [Ele] me perguntou, me chamou num canto. Eu acho que essa hipótese, eu disse a ele, tem que ser guardada, não pode falar nisso. Porque se houver um quadro de radicalização institucional, e ela [Dilma] resolva ficar para guerra…
MACHADO – Ela não tem força, Renan.

RENAN – Mas aí, nesse caso, ela tem que se ancorar nele.

Para Renan Calheiros, assim como para Romero Jucá, Dilma Rousseff estava morta:

MACHADO – Meu amigo, então é isso, você tem trinta dias para resolver essa crise, não tem mais do que isso. A economia não se sustenta mais, está explodindo…

RENAN – Queres que eu faça uma avaliação verdadeira? Não acredito em 30 dias, não. Porque se a Odebrecht fala e essa mulher do João Santana fala, que é o que está posto…

E depois:

MACHADO – Mas, Renan, com as informações que você tem, que a Odebrecht vai tacar tiro no peito dela, não tem mais jeito.

RENAN – Tem não, porque vai mostrar as contas.

Fonte: https://cesarweis.com/