Drogarias e Farmácias

sábado, 14 de maio de 2016

SE NÃO TIVER REFORMAS PROFUNDAS NA JUSTIÇA E NA POLÍTICA A ROUBALHEIRA CONTINUARÁ


Pela milésima vez. O impeachment é só um passo. A faxina geral começada pela Lava Jato deve continuar e, se continuar com força total, 90% dos políticos que aí estão, estarão acabados e assim o Brasil poderá começar a respirar um ar de 'dias melhores' de verdade, fora isso, é tudo bobagem.
Deltan diz que estamos perdidos se não for feito reformas profundas no sistema de justiça e no sistema político.
O procurador do Ministério Público Federal e coordenador da força-tarefa da Operação Lava Jato afirmou nesta sexta-feira que o país vive uma ‘inundação de corrupção’. MPF apresentou denúncias contra várias pessoas, entre elas o publicitário Marcos Valério, o ex-senador Gim Argello, do PTB, e contra os empreiteiros Marcelo Odebrecht e Ricardo Pessoa. (AFP)



É Deltan. Mas nas "10 medidas contra a corrupção", não está previsto Fim do Foro Privilegiado, esse é um dos maiores males e uma ferramenta poderosa a proteger bandidos disfarçados de políticos.
Nós do FCSBR já estamos desde 2013 falando nisso:
= Fim do Foro Privilegiado.
- Cadeia dura para todos os corruptos.
- Fazer devolver o que roubaram, seja por confisco de bens ou de multas pesadas.
- E banimento da vida pública e política. Sujeito que roubou o povo uma vez, vai fazer de novo, tem vários casos por aí. Dois mais famosos no Senado: Collor e Renan.
03 itens que, se implantados, já fariam uma grande diferença no sistema político.
Agora, quanto ao sistema de justiça, uma das coisas é acabar com a indicação de ministros ao STF e acabar com o dedo do governo na PGR. Demais cargos, só por concurso e mérito de carreira.
Sugestões. O povo deve abraçar isso. Ir pra rua e exigir essas mudanças profundas.
Ou isso, ou como disse Deltan, vai acontecer tudo de novo daqui a algum tempo.

Fonte: folhacentrosul