Drogarias e Farmácias

quarta-feira, 22 de junho de 2016

EMPRESÁRIO SE MATA ENFORCADO APÓS TER QUE DEMITIR 233 FUNCIONÁRIOS EM SÃO PAULO



Homem não aguentou ver a empresa falir e ter que demitir 233 pessoas que sustentam suas famílias.

VERDADE SEJA DITA.
Esse, é só um exemplo de que o caos econômico é incomensurável, muito mais cruel do que se vê nos noticiários e, também, mostra claramente que enquanto a enrolação do impeachment continuar, enquanto o Senado vendilhão não se agilizar, enquanto Gleisi Petrolão, Lindbergh, Randolfe Marina Silva, Vanessa, demais petistas e comunistas tumultuarem, enquanto o STF permitir a bandalheira, blindando bandidos disfarçados de políticos, empresas quebrarão, pessoas serão demitidas, famílias serão prejudicadas, e tragédias como essa podem continuar acontecendo.
MAIS UM EXEMPLO TRÁGICO DO EFEITO DA CRISE, QUE É MUITO MAIS CRUEL DO QUE SE IMAGINA.
***O dono da empresa de sofás de Rio Claro (SP) que na semana passada demitiu 233 funcionários por conta da crise e queda nas vendas foi encontrado morto na fábrica nesta terça-feira (21). Um funcionário que chegou para trabalhar por volta das 7h encontrou o empresário Luís Antônio Scussolino, de 66 anos, sem vida. A Polícia Civil registrou o caso como suicídio.
A Polícia Militar foi acionada e, quando chegou ao local, encontrou o corpo da vítima com uma corda no pescoço. A perícia técnica constatou que a causa da morte foi quebra do pescoço. O corpo do empresário será sepultado às 10h30 desta quarta-feira (22) no Cemitério Parque das Palmeiras, em Rio Claro.
Depois de mais de 20 anos, a cidade voltou a registrar uma demissão em massa. Na última segunda-feira (13), a Luizzi Estofados demitiu 233 trabalhadores.

A empresa informou que, apesar de enfrentar dificuldades por causa da queda nas vendas, manteve o emprego de 870 funcionários. A empresa afirmou ainda que apresentou uma proposta ao sindicato para evitar as demissões: redução da jornada de trabalho e de 20% nos salários, mas ela foi rejeitada pela maioria dos empregados. Disse também que está calculando o valor das rescisões e se esforçando para pagar. ***(Com G1)