Drogarias e Farmácias

sexta-feira, 24 de junho de 2016

MACHADO TEM 3 PROVAS DE ENCONTRO COM TEMER EM BASE AÉREA


Delator deve apresentar testemunhas e registros de GPS de carro.
Em sua delação, o ex-presidente da Transpetro contou que Temer pediu doação para a campanha de Gabriel Chalita a prefeito de São Paulo (Foto: Divulgação)

Delator da Operação Lava Jato, o ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado deverá indicar à Procuradoria-Geral da República (PGR) três tipos de provas de seu suposto encontro com o presidente interino Michel Temer. Machado diz ter encontrado com o peemedebista na Base Aérea de Brasília, em setembro de 2012, por cerca de 15 a 20 minutos.

Segundo reportagem do jornal O Globo, existem testemunhas do encontro; registros do aluguel de um carro na capital federal pela Transpetro; e marcadores de GPS referentes aos itinerários feitos.

Em sua delação, o ex-Transpetro contou à força-tarefa da operação que Temer pediu doação para a campanha de Gabriel Chalita a prefeito de São Paulo depois de o senador Valdir Raupp (PMDB-RO) ter manifestado previamente a Machado a intenção de Temer. Ainda segundo o depoimento, Machado diz ter conseguido R$ 1,5 milhão com empreiteira que tinha contratos com a estatal e o dinheiro foi repassado ao diretório nacional do PMDB. Machado afirmou que os políticos que o procuravam sabiam que a origem do dinheiro era de propina.

De acordo com o jornal, Machado deve entregar provas do que delatou até o próximo dia 4, prazo dado pela PGR.

Fonte: Diario do Poder