Drogarias e Farmácias

sábado, 12 de novembro de 2016

PAZ? PUTIN PARABENIZA TRUMP E DIZ QUE GUERRA FRIA ACABOU - COMENTÁRIO


De olho em Trump....

Não sei... eu sou assim mesmo... não confio em qualquer pessoa...  na verdade só em Yeshua Ha'mashiach....
então estou um pouco desconfiado com esta "idolatria" à Trump...
não entro nessa... não fico comemorando acontecimentos políticos, só comemoro cumprimentos bíblicos, o cumprimento da vontade de Deus, e não a vitória de político A ou B, por mais que ele seja "conservador"... me perdoe quem pense diferente...

Vejam isso... Donald Trump em hebraico se escreve: דונלד טראמפ

O seu valor numérico resulta em 424 (2 x 212) ... curiosamente é o mesmo valor (424) da frase "o Messias filho de Davi", em hebraico:

משיח בן דוד

Vamos ficar atentos... não confie em homens... não confie em quem o nome quer dizer "O Messias, Filho de David"... a gente bem sabe quem se manifestará como o falso messias dos judeus...
pra mim, este embate entre direita e esquerda está mais para número circense do que qualquer outra coisa...

Paz com Putin? Um agente da KGB?
Novamente, me perdoem, mas me deixem de fora dessa...
Marcos Goes
---

Segue a notícia:
Maior adversário dos Estados Unidos até esta terça-feira (8), o presidente russo, Vladimir Putin, parabenizou na manhã desta quarta-feira (9) o magnata republicano Donald Trump por sua eleição à Casa Branca. Em pronunciamento que já era esperado, pois Putin explicitamente torcia para Trump derrotar a democrata Hillary Clinton, o líder russo comentou "que as relações entre o seu país e os Estados Unidos poderão sair da crise".

Putin enviou um telegrama a Trump, que foi eleito o 45º presidente dos Estados Unidos na madrugada de hoje, com 18 delegados no colégio eleitoral a mais do que o necessário para assumir a Casa Branca. O russo afirmou "estar seguro no diálogo entre Moscou e Washington, que deve se basear no respeito recíproco, atendendo aos interesses dos dois países", divulgou o Kremlin. Os Estados Unidos e a Rússia são os maiores adversários políticos no cenário internacional, em um conflito ideológico e de interesses que perdura desde a Guerra Fria (1945-1991).

Durante toda a campanha eleitoral à Casa Branca, Putin e Trump trocaram elogios. "Ele representa os interesses das pessoas comuns, que criticam aqueles que estão há anos no poder, gente a quem não agrada a transferência do poder por herança", disse Putin meses atrás, em uma clara referência à Hillary, mulher do ex-presidente Bill Clinton.


A candidata democrata chegou a acusar hackers russos de cometer ciberataques e vazar documentos sigilosos.

A Duma, que compõe o Parlamento russo, recebeu com aplausos a notícia da eleição de Trump. “As atuais relações russo-americanas não podem ser chamadas de amigáveis. Esperamos que se possa instaurar um diálogo mais construtitvo entre os dois países após a posse do novo presidente”, comentou o líder da Câmara Baixa russa, Vyacheslav Volodin.

“A Rússia terá um posto central na nova administração norte-americana”, disse o ex-embaixador de Moscou em Washington John Teff.
Resultados das eleições

Após uma votação bastante acirrada, o empresário Donald Trump, do Partido Republicano, conquistou na madrugada desta quarta as eleições presidenciais nos Estados Unidos com 288 votos. O novo presidente dos Estados Unidos venceu a disputa em 27 Estados. Sua adversária Hillary Clinton, do Partido Democrata, levou a melhor em apenas 19 Estados, com 215 votos.

* Com informações da Agência Ansa.

Via: http://ultimosegundo.ig.com.br/mundo/2016-11-0