ThunderBit Bitcoin Investing Drogarias e Farmácias

quarta-feira, 1 de março de 2017

CUIDADO: O Google está gravando tudo o que você procura e diz


Google tem um registro de tudo o que você disse nele por anos, e você mesmo pode ouvi-lo.

A empresa grava silenciosamente muitas das conversas que as pessoas têm em torno de seus produtos.

O recurso funciona como uma forma de permitir que as pessoas pesquisem com sua voz e armazenar essas gravações, presumivelmente, permite ao Google "aprimorar" suas ferramentas de reconhecimento de idiomas, bem como os resultados que ele dá às pessoas.

(Artigo por Andrew Griffin, republicado em parte de Independent.co.uk)

Mas também vem com uma maneira fácil de ouvir e "apagar" todas as informações que coleta. Isso é feito através de uma página especial que reúne as informações que o Google tem sobre você.

É encontrado indo para a página de histórico do Google e olhando para a longa lista de gravações. A empresa tem uma página de áudio específica e outra para a atividade na web, que irá mostrar-lhe todos os lugares onde o Google tem um registro que você estava na internet.

O novo portal foi introduzido em junho de 2015 e tem estado ativo no ano passado - o que significa que agora está provavelmente cheio de várias coisas que você disse, e que você pensou que poderia ter sido em particular.

As gravações podem funcionar como uma espécie de diário, lembrando-lhe dos vários lugares e situações que você e seu telefone têm estado. Mas também é um lembrete de quanta informação é coletada sobre você, e quão íntima que a informação pode ser.

Você verá mais se você tiver um telefone Android, que pode ser ativado a qualquer momento apenas dizendo "OK, Google". Mas você também pode ter gravações em qualquer dispositivo que você tenha interagido usando o Google.

Na página, você pode ouvir todas as gravações. Você também pode ver informações sobre como o som foi gravado - seja pelo aplicativo do Google ou em outro lugar - bem como qualquer transcrição do que foi dito se o Google o transformou em texto com êxito.

Mas talvez a mais útil - e menos indecente - razão para visitar a página é apagar tudo de lá, se assim o desejar. Isso pode ser feito selecionando gravações específicas ou excluindo tudo de uma só vez.

Para excluir arquivos específicos, você pode clicar na caixa de seleção à esquerda e depois voltar para o topo da página e selecionar "excluir". Para se livrar de tudo, você pode pressionar o botão "Mais", selecione "Excluir opções" e depois "Avançado" e clique.

A maneira mais fácil de parar o Google de gravar tudo é desligar o assistente virtual e nunca usar a pesquisa por voz. Mas essa solução também atinge o problema central de muita privacidade e uso de dados hoje - fazendo assim corta uma das coisas mais úteis sobre ter um telefone Android ou usando a pesquisa do Google.


"Comentário: No mundo de hoje chega a ser ignorado o fato de que as grandes companhias tomaram o papel da espionagem das agências de espionagem, mas isso é no mínimo preocupante porque nada nem mesmo sua televisão está segura se o modelo for conectado a Internet.
Aquelas letras miúdas e que estão em algum cantinho do manual foram feitas mesmo para que poucos se deem conta de que tudo o que você faz hoje em dia é rastreado, e quando se trada do Google, tudo o que você pesquisa na Internet se tornará de conhecimento deles, e para quem eles quiserem passar.
Portanto se você pesquisar sobre como curar sua gripe, eles saberão que você está com gripe, além de saber onde você está se você estiver usando celular. É claro que esse foi o exemplo mais simplista que eu poderia dar, mas agora imagine o que eles poderiam fazer em outras situações em que quisessem pegar determinadas pessoas. Por exemplo, se você pesquisar informações anti NOM, eles saberão quando e onde você o fez, perigoso não?"


Leia mais em: Independent.co.uk
Fonte: http://newstarget.com/2017-02-27-google-is-recording-everything-you-search-say.html
Comentário via Anto-NOM: http://forum.antinovaordemmundial.com/Topico-cuidado-o-google-está-gravando-tudo-o-que-você-procura-e-diz