Drogarias e Farmácias

segunda-feira, 28 de agosto de 2017

Antifas mostram sua face em Berkeley e agridem repórteres e apoiadores de Trump


Se você pensa que o problema são apenas supremacistas brancos e neonazistas, você com certeza foi manipulado pela mídia brasileira. Aliás, o único motivo de eu escrever aqui no InfoWars Brasil, é pelo simples fato de não existir nada na mídia brasileira que relate movimentos da extrema-esquerda, simplesmente não existem notícias plurais no Brasil, quando eu pesquisei alguma notícia sobre Berkeley em uma busca rápida no Google a única notícia que temos em português é uma matéria do G1 que vincula uma matéria da AP que não mostra absolutamente nada sobre os ANTIFAS.

Sem mais delongas vamos aos fatos.


Na manifestação de ontem em Berkeley, Califórnia chamada de "Não ao Marxismo na América" o grupo intolerante á democracia denominado Antifas (Anti-Fascista) invadiram a manifestação que ocorria pacificamente para agredir manifestantes, inclusive alguns do repórteres que cobriam a matéria não saíram ilesos.




A repórter da SF Chronicle, Lizzie Johnson capturou Antifas agredindo um jornalista. (veja o vídeo abaixo)



Em outro vídeo postado também no Twitter, podemos ver uma mulher indo para cima de um câmara (abaixo)





Após esse ato, a mulher acabou sendo conduzida por policiais.

Esta não é a primeira vez que Antifas atingem os repórteres. Eles agem com brutalidade quando tem seus rostos filmados ou fotografados porque freqeentemente adotam táticas violentas. Outro homem com uma câmera foi espancado por membros da Antifa. Ele pode ser visto neste vídeo filmado por um operador de notícias:




No final do clipe acima, você pode ver um homem com uma camisa vermelha deitada sobre a vítima para protegê-lo. Você pode ver mais neste clipe: 




Antifa também atacou e espancou um pai e um filho do movimento "Latinos For Trump" 





Outro ângulo mostra parte da agressão sofrida por pai e filho:



Joey Gibson do grupo Patriot Prayer também foi atacado pelo grupo intolerante: 




Compartilhe essa matéria o máximo possível para mostrarmos o que a mídia tanto tenta esconder de nós.

Eu sou Leandro Rossi Jr. para INFOWARS BRASIL.