Drogarias e Farmácias

sexta-feira, 8 de setembro de 2017

CALIFÓRNIA QUER MANDAR À PRISÃO QUEM USAR PRONOMES TRANSGÊNEROS ERRADOS


Segundo o The Daily Wire, uma legislação está para ser votada esta semana no estado americano da Califórnia. A previsão legal pode punir em até um ano de prisão as pessoas que usarem pronomes errados ao se dirigirem aos transgêneros.

A medida é mais uma com fundamento na “antidiscriminação” às pessoas que se identificam não pertencentes ao sexo masculino ou feminino (este fenômeno é conhecido como “não binário”).

“Intitulada a ‘Lei de Direitos e Cuidados de Longo Prazo para Lésbicas, Gays, Bissexuais e Transgêneros’, a nova lei permitirá que indivíduos transgêneros que vivem em instalações de cuidados, como lares de idosos, usem banheiros de acordo com seu gênero preferido (não necessariamente seus gêneros biológicos) e punirá qualquer cuidador que ‘conscientemente’ use o pronome de gênero errado para se referir a um de seus pacientes”, escreveu o Daily Wire.

Além de um ano na prisão, o infrator poderá pagar ainda $ 1.000,00 (mil dólares de multa).

Instituições religiosas e que promovem a liberdade de expressão não estão contentes com a possível aprovação da nova lei.

“Como você pode acreditar na liberdade de expressão, ao mesmo tempo que o governo pode obrigar as pessoas a usar certos pronomes quando falam com os outros?”, um representante do Conselho da Família da Califórnia testemunhou para a assembléia legislativa na semana passada.

O senador Scott Weiner, que é o relator da lei, disse que “religião não tem lugar na vida em espaço público.”



Via Breitbart Brasil