Drogarias e Farmácias

terça-feira, 19 de setembro de 2017

LOUCURA IMORAL: 'PERFORMANCE' DE 'ARTISTA' ‘AMAMENTANDO CRIANÇA COM PÊNIS’ CHAMA ATENÇÃO NAS RUAS DE CIDADE MINEIRA


É inacreditável como estes esquerdistas gayzistas estão enlouquecidos em empurrar goela à baixo do país, e principalmente das nossas crianças, suas perversidade e imundícia! Filhos do diabo! A Ira de Deus será derramada sobre vocês, muito mais intensamente do que houve em Sodoma e Gomorra!
---

A performance “Agora eu Posso” da atriz e diretora de teatro Jeane Doucas chamou muita atenção nas ruas de Viçosa na semana passada, quando ela saiu às ruas amamentando um boneco com seios em forma de pênis. Segundo a artista, a performance é uma forma de protesto contra o caso que ocorreu em São Paulo, onde um homem que ejaculou em uma mulher dentro do ônibus não foi condenado pela justiça [naquela data] e também contra o preconceito que mulheres, que amamentam em público sofrem.

Em entrevista a Rádio Montanhesa FM 106,5 Jeane Doucas afirmou que a performance foi um trabalho provocativo para chamar a atenção da população para a existência da violência e do assédio que as mulheres sofrem diariamente e também do preconceito que as mulheres que amamentam seus filhos em público sofrem.

“O fato mais curioso que eu percebi é que muita gente não percebiam que aqueles seios eram seios fálicos, que eram pênis. Eles estranhavam, olhavam com um certo estranhamento, mas não percebia. Isso por que no imaginário das pessoas elas jamais conseguiram conceber que um pênis saindo dos seios de uma mulher estaria amamentando uma criança.” disse Jeane Doucas. 

Perguntada sobre o porque da escolha do pênis para “amamentar a criança” Jeane Doucas afirmou, que a arte trabalha com os signos e com a possibilidade de diversas leituras. A escolha do “pênis” se deu pelo caso do homem que ejaculou em uma mulher dentro de um ônibus e ainda mais pela decisão do juiz, que não entendeu que aquele fato é um grave atentando contra aquela vítima e contra todas as mulheres.



“Esse trabalho tem essa representação dessa hipocrisia em que nós vivemos em que todos acham absurdo uma mulher amamentar em público. Oh que horror, nossa está mostrando os seios, que é a coisa mais maravilhosa do mundo, é a vida […] geradora da vida. Uma mulher amamentar em público não tem nada de obsceno. Obsceno é um homem ejacular em uma mulher no meio da rua!” Contou Jeane em entrevista.

Para a artista a decisão do juiz naquele momento de não prender o homem é uma violência contra todas as mulheres do mundo. Ela afirma ainda, que a decisão do juiz sintetiza todo um machismo que as mulheres vem sofrendo há milhares de anos. “As falas desse juiz, desse canalha, são simplesmente uma síntese do que estamos vivendo. Não é um caso isolado e sim sintetiza a condição das mulheres atualmente.” Afirmou a atriz.

Em sua página pessoal no Facebook Jeane Doucas compartilhou as imagens da performance registradas pelo fotógrafo Jackson Pádua pelos principais pontos do Centro de Viçosa, onde é possível ver a reação daqueles que passavam por ela.

Junto às imagens a atriz escreveu um pequeno texto explicando a performance e conversando diretamente com a mulheres que amamentam seus filhos. Confira:

Performance, “agora eu posso”: você, minha amiga moderna, contemporânea, do século xxi, que trabalha fora, cuida da casa e tem um bebê para amamentar. Você encontra dificuldades para amamentar seu bebê em público? As pessoas te olham feio, você é convidada a se retirar de shoppings? Seus problemas acabaram! Acaba de chegar o mais novo lançamento, com design exclusivo e anatômico, elaborado com os mais nobres materiais, nas cores que você desejar, o “pistolêitor amamentêitor”! Com o pistolêitor, você não terá mais problemas em amamentar seu bebê em público. Ele é perfeitamente aceitável em qualquer ocasião e lugar que você vá. Afinal, pistolas à mostra em público não são um problema, não é mesmo?