Drogarias e Farmácias

quinta-feira, 22 de março de 2018

SNOWDEN: O FACEBOOK É UMA 'EMPRESA DE VIGILÂNCIA' QUE COLETA E VENDE DADOS DOS USUÁRIOS




Nova imagem de gigantes tecnológicas como mídia social é o engano final, diz ele 

O denunciante da NSA, Edward Snowden, tweetou no sábado que o Facebook é uma "empresa de vigilância" que vende os detalhes pessoais de seus usuários, pesando sobre um escândalo envolvendo uma empresa privada que colheu dados da gigante das redes sociais.

"Empresas que ganham dinheiro coletando e vendendo registros detalhados de vidas privadas são descritas claramente como 'empresas de vigilância'", escreveu o ex-contratado da Agência de Segurança Nacional. "Sua nova imagem como" mídia social" é o engano mais bem sucedido desde que o Departamento de Guerra se tornou o Departamento de Defesa".

A observação preocupante de Snowden, que foi retweetada mais de 30.000 vezes, vem em meio ao protesto público sobre a revelação de que a Cambridge Analytica, uma empresa privada de análise de dados que trabalhou com a equipe eleitoral do presidente Donald Trump, colheu informações pessoais de mais de 50 milhões de usuários do Facebook sem o conhecimento deles.

O Facebook suspendeu o acesso da Cambridge Analytica à plataforma na semana passada, alegando que a empresa e dois indivíduos que ajudaram a coletar o conjunto de dados maciços haviam enganado a gigante das redes sociais.

"À luz de novos relatórios de que os dados não foram destruídos, estamos suspendendo essas três partes do Facebook, enquanto aguardamos mais informações", disse a empresa. "Tomaremos as medidas necessárias para verificar se os dados em questão serão excluídos de uma vez por todas - e tomaremos medidas contra todas as partes ofendidas".

Comentando um relatório do New York Times sobre a violação de dados sem precedentes, Snowden disse que é o Facebook, e não a Cambridge Analytica, que deveria ser responsabilizado.

"O Facebook ganha seu dinheiro explorando e vendendo detalhes íntimos sobre a vida privada de milhões, muito além dos escassos detalhes que você publicou voluntariamente. Eles não são vítimas. Eles são cúmplices", ele escreveu no Twitter.

O Facebook insiste que os métodos de coleta da Cambridge Analytica não constituíam uma violação formal de dados, porque os usuários consentiram tecnicamente - através das configurações de privacidade labirínticas do site - para que seus dados fossem extraídos.

A Cambridge Analytica pertence ao bilionário do fundo de investimento Robert Mercer, e anteriormente era administrada pelo ex-conselheiro do Trump, Steve Bannon.





Via: http://www.anovaordemmundial.com e https://www.infowars.com/snowden-facebook-a-surveillance-company-that-collects-and-sells-user-data/