Drogarias e Farmácias

quarta-feira, 4 de abril de 2018

O VERDADEIRO FAKE NEWS: O GLOBO ALIMENTA SITES PETISTAS COM NOTÍCIAS FALSAS CONTRA MOVIMENTOS DE DIREITA


NOTA. O editorial desse sábado do portal JornaLivre noticiou que O Globo alimentou sites petistas com notícias falsas contra movimentos de direita. Leia na íntegra:


“Editorial

Na sexta-feira passada, 23, o jornal O Globo declarou guerra contra movimentos e sites alinhados à direita do espectro político, em especial contra o portal Ceticismo Político e o Movimento Brasil Livre, mas sem perder o costume toda a situação também gerou menções a outros portais como Jornalivre, O Reacionário e Diário Nacional.

Na longa matéria feita sobre o caminho das fake news sobre Marielle Franco, O Globo responsabilizou quase que unicamente o Ceticismo Político pela criação e o MBL pela repercussão do assunto, o que é por si só uma mentira. A matéria sobre a desembargadora Marilia Castro Neves, do Rio de Janeiro, que havia acusado a vereadora de ter ligações com o tráfico, foi divulgada em primeira mão pela Folha de São Paulo com um título bastante dúbio. A própria Ombudsman da Folha, Paula Cesarino Costa, reconheceu isso em extensa matéria na qual responsabiliza indiretamente Mônica Bergamo pela catástrofe.

Além disso, é importante frisar que o site Ceticismo Político não fez uma notícia divulgando a fala da desembargadora como se fosse um fato. Na realidade o site escreveu um artigo de opinião no qual menciona sua fala e constrói uma narrativa. Ainda no próprio texto original do Ceticismo Político, há uma passagem que expressa claramente o fato de que Marília havia apenas emitido uma opinião. Não é justo, por tanto, a acusação de “fake news”, uma vez que o site tratou do caso como uma opinião da magistrada e não como um fato.

Tudo isso, no entanto, foi só o início de uma extensa campanha do jornal O Globo contra movimentos e sites de direita. No fim de semana passado, diversos blogs petistas e portais de imprensa repercutiram a informação, o que inclusive resultou na queda dos perfis de Luciano Ayan, responsável pelo Ceticismo Político, no Facebook. Hoje, mais uma vez, O Globo avançou contra seus inimigos, mas agora as coisas ficaram um pouco mais estranhas do que de costume.

Trajetória

Na manhã de hoje o jornal O Globo publicou uma matéria na qual novamente ataca o Movimento Brasil Livre. Desta vez, pelo suposto uso de um aplicativo chamado Voxer, que seria usado pelo movimento para compartilhamento de conteúdo em massa. O que chamou atenção, por outro lado, é o timing das postagens entre O Globo e outros portais petistas.



A matéria do jornal O Globo saiu no Facebook às 8:30 da manhã de hoje. No mesmo exato minuto, também às 8:30, a matéria foi publicada na página do portal petista Brasil 247.



As postagens, entretanto, não foram feitas ao mesmo tempo em seus respectivos sites. De acordo com o snapshoot do Google, que mostra o horário do registro de um link em cache, houve uma considerável diferença de tempo entre a publicação no site e na página, o que significa que “coincidentemente” o Brasil 247 e O Globo postaram a matéria no Facebook exatamente ao mesmo tempo.



O print acima mostra que a matéria do jornal O Globo foi publicada às 4:30 da manhã, originalmente, e atualizada às 9:44. O print abaixo mostra que o Brasil 247 postou no site a matéria às 6:30, apesar de ambos terem publicado ao mesmo tempo no Facebook.



Os sites Diário do Centro do Mundo e Blog da Cidadania, também petistas, postaram a matéria depois disso, mas como se pode ver nos snapshoots do Google, o registro delas no site foi feito com intervalos bem pequenos.





O Globo fez uma alteração na matéria ao 12:03. 18 minutos depois o Diário do Centro do Mundo também atualizou a matéria, às 12:21. Às 12:23 o Blog da Cidadania também atualizou as informações.

Estas “coincidências” podem indicar apenas duas coisas. A primeira é que estes blogs pequenos e raivosos possuem uma equipe muito atenta que acompanha tudo em tempo real, sendo capaz de saber até mesmo quando há uma atualização na matéria d’O Globo para poder fazê-la em sua matéria. A segunda, que também é mais provável, é que há uma linha de comunicação. Talvez o autor da matéria do jornal O Globo tenha informado estes blogs sobre a atualização, o que resultou neste timing quase perfeito.

Além disso, há outra questão importante, que é o horário das postagens do Brasil 247 e d’O Globo no Facebook. Ambos publicaram exatamente ao mesmo tempo, às 8:30, mas a matéria do Brasil 247 teve maior repercussão.

Até o momento desta publicação, na página do jornal O Globo houve pouco menos de mil curtidas, um número bem próximo do que teve no Brasil 247. Porém, o total de compartilhamentos do site petista é o dobro, chegando a quase 700 compartilhamentos contra apenas 345 do jornal O Globo. Naturalmente isso tem a ver com o público alvo. Aqueles que seguem o Brasil 247 em sua maioria já nutrem antipatia pelo MBL, o que não é necessariamente o caso das pessoas que acompanham O Globo.

Esta jogada é bem simples. O Globo, portal que finge ser imparcial, dá a nota. Ao fazer a matéria ele passa seriedade para a informação. Os outros sites seguem a linha e compõem a sinfonia, dando maior ênfase no que é negativo e alimentando o ódio que seus seguidores já possuem pelo movimento. E toda essa articulação começou estranhamente logo depois que o STF deu o salvo-conduto para Lula, quando o MBL iniciou campanha de protestos contra a corte e em prol da prisão do petista.

Ironicamente, O Globo não lançou matéria a respeito de seu próprio jornalista que foi agredido pelo segurança do ex-presidente durante sua caravana pelo sul, assim como o Jornal Nacional não mencionou um ataque do MST ao grupo Globo há pouco mais de duas semanas. Aparentemente, há muitos interesses envolvidos.”

Clique aqui para acessar a matéria original.